28 abril, 2007

Clint Eastwood e Iwo Jima



Esta imagem bonita da ilha não tem nada a ver com as que vi, na semana passada no Cineclube, no filme " As bandeiras dos nossos pais". Normalmente não gosto de ver filmes de guerra, principalmente se retratarem factos reais, porque me impressionam muito.
Neste caso consegui ver até ao fim. Talvez por ser do Clint Eastwood. Ele tem uma forma muito peculiar de ver o mundo e principalmente de ver o mundo composto pelos seus concidadãos norte-americanos. Desmonta, desmascara, critica e nunca deita abaixo. Talvez por ser de lá consegue entendê-los, coisa que eu já não consigo.
Enfim, amanhã volto ao Cineclube da vila para ver o segundo filme, "As cartas de Iwo Jima"e confirmar uma vez mais que sou fã deste homem.
Aconselho vivamente.