27 abril, 2007

O nosso país é mesmo pequenino!

Quando li que os funcionários públicos estavam a ser aconselhados a denunciar casos de corrupção e que havia um livro que dizia como e o que denunciar fiquei um pouco perplexa, mas o meu pensamento parou aí e ficou tudo num limbo.
A seguir fiquei a saber o que se passou em Lisboa no dia 25 de Abril com a polícia a voltar ao 24 de abril de 74 com toda a força!
Hoje de manhã, quando acordei, comecei logo a pensar nos vários acontecimentos dos últimos dias e ainda não tinha acabado o pequeno almoço cheguei à conclusão que toda a cena relativa à denúncia era apenas o legitimar duma coisa feia, apanágio dos poderes absolutos e mesquinhos. E estranhei não ter ainda lido ou ouvido ninguém a defender a mesma tese. Finalmente, há pouco, quando acabei de ler o Público li a habitual crónica do Vasco Pulido Valente e lá estava a mesma opinião. Já não estou só nos meus pensamentos.
Somos mesmo um país governado por mentes pequeninas, pois o país apesar de pequeno é composto, como todos os outros, por humanos de qualidade, na sua maioria.